Bahia do Povo

No Facebook, Bahia possui mais curtidas que o Vitória em 97% dos municípios brasileiros

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h27



Foto: Romildo Silva / Ag. Haack / Bahia Notícias

As curtidas no Facebook podem não ser uma ferramenta 100% conclusiva para definir o tamanho de uma torcida, mas são um termômetro para evidenciar parte do tamanho de alguns clubes. E, num levantamento feito pelo site Globoesporte.com, pelo menos, o Bahia leva ampla vantagem sobre o rival Vitória no que se refere número de likes em municípios do Brasil – o Tricolor vence no quesito em 97% das cidades do país. De acordo com o levantamento, o Bahia tem mais curtidas que o maios rival em 5.236 dos 5.570 municípios brasileiros, enquanto o Rubro-negro vence em apenas 150 municípios, o que equivale a 3% no Brasil. Ainda há 184 empates técnicos. E, curiosamente, das 30 primeiras cidades em que o Leão possui mais likes, nenhuma está na Bahia. A primeira é São José de Piranhas-PB, onde o Vitória tem um percentual de 1,13% a mais de curtidas. Fecham o “G3” São Pedro-RN (0,73% a mais) e Antônio Martins-RN (0,56% a mais). Pelo lado tricolor, a maior diferença de curtidas fica no município de Saubara. A cidade situada no Recôncavo traz uma diferença de 23,43% no quesito. Em Salvador, a desproporção é de 19,47%. O Tricolor é líder absoluto na capital baiana, com 33% (428.682) de curtidas de um clube. O Leão vem atrás, com 13,7% (178.634) dos likes. O terceiro é o Corinthians (139.462), com 11,3%. Fora da rivalidade, a dupla Ba-Vi, no estado, tem ampla derrota na “batalha” contra os clubes de maior torcida do país. Dos 417 municípios baianos, ambas as agremiações são os líderes em apenas 17, todas próximas a Salvador, o que dá um número total de 4.057.029 habitantes. Outras 23 têm Flamengo e Bahia na ponta do ranking, e 62 com Tricolores e corintianos liderando.

Bahia perdeu 1.146 vagas de trabalho em novembro; Salvador teve saldo positivo

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h24



Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

Bahia perdeu 1.146 vagas de trabalho em novembro; Salvador teve saldo positivoFoto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas A Bahia perdeu 1.146 vagas de trabalho formal no mês de novembro deste ano. O resultado foi o sexto pior no Brasil, considerando todos os estados e o Distrito Federal. Salvador, por outro lado, apresentou saldo positivo de 1.562 empregos. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho, como parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O levantamento aponta que o Brasil fechou 12.292 postos no período. A última vez que a Bahia registrou mais admissões que demissões no mês de novembro foi em 2014, com saldo positivo de 2.904. Em 2015 e 2016, a perda de vagas de trabalho chegou a 6.004 e 7.547. O Caged aponta que o estado apresentou melhoras no setor de comércio, que ganhou 2.989 vagas de trabalho em novembro. Por outro lado, os setores de industria da transformação, administração pública e agropecuária, perderam mais de mil postos de trabalho cada. Este último foi o que mais se destacou negativamente, com saldo negativo de 1.734. Considerando todas as 27 unidades da federação, apenas 13 apresentaram variação positiva. O Rio Grande do Sul apresentou o melhor resultado, com saldo de 8.753. Por outro lado, São Paulo teve a maior retração, com perda de 17.611 empregos. Apesar da melhora em novembro, Salvador ainda tem números negativos no acumulado dos últimos 12 meses. No período, a cidade registra 5.209 demissões a mais do que admissões.

Municípios baianos devem receber repasse federal de R$ 200 mi nesta quinta-feira

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h19



Foto: Divulgação / UPB

O repasse emergencial de R$ 2 bilhões para prefeituras de todo o Brasil será pago ainda nesta quinta-feira (28), garantiu o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, em reunião na presidência nesta quarta (27). A Medida Provisória do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM), como é chamado o repasse, é uma reivindicação de prefeitos que iniciou com mobilizações na Bahia, pela União dos Municípios da Bahia (UPB), seguidas por movimentos estaduais e um grande protesto dos municípios em Brasília, no mês de novembro. Ao Bahia Notícias, o presidente da UPB, Eures Ribeiro, defendeu que o cumprimento do compromisso financeiro assumido pelo governo federal irá ajudar os cofres municipais a pagarem suas contas, como o 13° salário de servidores. "Esse aporte não é muita coisa, mas ameniza o sofrimento dos municípios. Vai ajudar a pagar muitas contas", afirmou. Pelas contas do presidente da União dos Municípios, cerca de 60% das prefeituras baianas vão ficar sem pagar o 13° salário. Para a Bahia, são esperados cerca de R$ 200 milhões que serão repartidos pelos municípios, de acordo com o número de habitantes de cada um.

Ex-PM e mais três homens são mortos em tiroteio com policiais na Ilha de Itaparica

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h16



Foto : Raul Golinelli/GovBA

Um ex-policial militar e mais três pessoas morreram durante uma troca de tiros com policiais militares em Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, durante a madrugada desta terça-feira (26). De acordo com informações do jornal Correio, o grupo foi flagrado executando um homem. A Polícia Militar informou que uma equipe da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Vera Cruz) abordou inicialmente uma picape modelo LX200 na rodovia BA-001. O veículo com os quatro ocupantes foi liberado. Desconfiados, os policiais continuaram monitorando o carro, até que eles chegaram à comunidade da Penha e viram o grupo executando um homem. "Os policiais viram a vítima caída ao solo, sendo baleada pelos indivíduos, mas logo que eles perceberam a presença da polícia, atiraram contra a guarnição. No tiroteio, os quatro foram baleados", relatou o delegado Félix, da 24ª Delegacia, onde o caso foi registrado. O ex-PM e os outros três envolvidos foram socorridos Hospital Geral de Itaparica (HGI), mas não resistiram aos ferimentos. Nenhum policial militar ficou ferido na ação.

Para Meirelles, saldo de empregos em 2017 segue positivo

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h15



Foto: Reprodução / Visão Oeste

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou em sua conta no Twitter que o saldo de empregos em 2017 segue positivo, "apesar de pequena variação negativa em novembro"."A melhora em comparação a 2015 e 2016 é substancial e o avanço é cada vez mais rápido", disse o ministro. No primeiro mês de vigência da reforma trabalhista, o País registrou fechamento de 12.292 vagas em novembro. No acumulado de 2017 até novembro, há uma abertura de 299.635 postos de trabalho com carteira assinada. A expectativa do Ministério do Trabalho é encerrar o ano com estabilidade na geração de empregos. Para 2018, é aguardada a criação de 1,78 milhão de novos postos formais, número que pode crescer com as novas modalidades de contrato aprovadas na reforma, segundo a pasta.

Laboratórios disputam na Justiça direito de produzir antiparasitório

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h13



Foto: Reprodução / Saúde para Vida

As empresas Eurofarma e Althaia disputam na Justiça quem deve ter o direito de produzir um antiparasitário batizado de Anitta. De acordo com informações da coluna Mercado Aberto, da Folha de S. Paulo, a Althaia obteve uma primeira sentença favorável no meio de 2017. No entanto, em cerca de duas semanas, a concorrente conseguiu uma ordem para suspender o cancelamento da patente até uma segunda decisão. A essa altura a Althaia já havia inclusive começado a produzir o medicamento. Essa suspensão durou quase até o final do ano, mas no dia 14 deste mês ela foi revertida e a Althaia voltará a produzir o antiparasitário.

SSP estudará casos antigos para ter estatísticas de feminicídio; corte será de ao menos 4 anos

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h10



Foto: Luana Ribeiro / Bahia Notícias

Com a tipificação em março de 2015 do crime de feminicídio, quando a mulher é morta em decorrência da sua condição de gênero, a Secretaria de Segurança Pública fará um estudo analisando os casos de assassinatos de mulheres para fazer a comparação com anos anteriores. Neste ano, foram registrados 49 feminicídios no Estado, sendo 22 em Salvador – na capital todos foram elucidados e 21 autores foram presos. “Temos a necessidade de fazer o mais rápido possível para balizar as nossas ações”, afirmou o secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa, em entrevista ao Bahia Notícias. De acordo com o titular da SSP, a pasta já está trabalhando nesta análise, mas ainda não há previsão de quando o estudo poderá ser concluído. A SSP ainda determina também a referência de comparação, já que cada caso será avaliado individualmente, o que leva tempo. “A gente tem que ter uma linha de corte porque senão a gente vai ficar trabalhando ad eternum. Então a gente tem que ver pelo menos os últimos quatro ou cinco anos para se ter referência, se a tendência é de queda, de redução, para que a gente possa ter um efeito estatístico, uma análise estatística melhor para adoção de políticas que estão por vir”, explicou Barbosa. “A dificuldade maior da gente é às vezes, quando do registro de ocorrência, não termos elementos para caracterizar que foi violência doméstica ou violência contra a mulher, pela condição de relação afetiva ou doméstica”, acrescentou.

Deputados estaduais tiveram mais de 70% de presença nas sessões da AL-BA em 2017

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h07



Parlamentares mandaram bem no quesito frequência | Foto: Sandra Travassos/ AL-BA

Os deputados estaduais baianos não fizeram feio no quesito presença em sessões ordinárias em 2017. De acordo com levantamento realizado pelo Bahia Notícias, nenhum dos 63 deputados que compõem a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) teve menos de 70% de frequência nas reuniões realizadas em plenário durante o ano. Entre eles, apenas Paulo Câmera (PDT) esteve abaixo deste percentual, comparecendo à AL-BA em somente 47% das sessões. No entanto, o pedetista tem se afastado das atividades parlamentares porque está em tratamento de um problema de saúde. Segundo o registro de frequência da Casa, quem mais faltou, além de Câmera, foi a deputada Mirela Macedo (PSD), com 72% de ida às sessões. Eleita vice-prefeita de Lauro de Freitas, ela abriu mão do mandato e assumiu na AL-BA, no início deste ano, a cadeira de Rogério Andrade (PSD), que deixou o Parlamento porque saiu das urnas prefeito de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo. Das 99 sessões ordinárias feitas neste ano, Mirela faltou a 28. Delas, 16 faltas foram justificadas, enquanto 12 não. Já na parte de cima da tabela, teve deputado que não deixou de aparecer em nenhuma. É o caso de Carlos Geilson (PSDB) e Zé Raimundo (PT), que tiveram 100% de aproveitamento no quesito assiduidade. Já o presidente da Casa, Angelo Coronel (PSD), teve 83% de frequência durante 2017. Cinco de suas faltas não aparecem como justificadas nos registros da AL-BA. No entanto, boa parte de seu não comparecimento foi devido à sua viagem à China, no fim deste ano. Em 10 sessões, no período de 23 de outubro até 9 de novembro, o social-democrata ficou licenciado das atividades por causa do período em terras chinesas. E, mesmo fora da Presidência, Marcelo Nilo (PSL) continuou um deputado presente. Compareceu a 90% das sessões em 2017.

Caso Davi Fiúza: Polícia Civil faz diligências a pedido do MP, mas não tem conclusão prevista

Quinta / 28 Dez 2017 / 01h01



Foto: Rute Fiúza/ Arquivo pessoal

Com análise finalizada pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), o inquérito parcial do caso jovem Davi Fiúza, que desapareceu aos 16 anos em outubro de 2014 durante uma operação policial, pode ser concluído “a qualquer momento” pela Polícia Civil. “Esse caso a gente já tem bastante coleta de informações, compilados já a dados solicitados pelo Ministério Público em nossas diligências – no entendimento do promotor isso seria necessário para complementar”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito. Com diversos adiamentos de prazo, o inquérito foi solicitado pela promotora Isabel Adelaide Moura, no estado em que se apresentasse, pelo MP, e foi entregue à instituição em julho deste ano (saiba mais) e devolvido à polícia em novembro. À época, o inquérito tinha 9 volumes. Segundo o delegado-geral, ainda não há previsão de quando a apuração será fechada, "porque a investigação não tem um tempo". “Garanto que a gente já deu seguimento e que o resultado eu não posso dizer aqui, mas estamos finalizando essas diligências. Não posso fazer previsão porque a gente está colhendo esse material, só quando finalizar... Algumas situações são sensíveis e a gente não pode passar”, completou Bernardino.

l Festa de confraternização dos funcionários públicos da PREFEITURA MUNICIPAL DE JITAUNA

Quinta / 28 Dez 2017 / 00h36



JITAUNA BAHIA

A prefeitura municipal de JITAUNA promoveu na tarde dessa terça-feira , dia 26, a confraternização dos servidores públicos municipais. O evento que foi realizado no tênis Club cultural de jitauna, contou com a participação de aproximadamente 600 funcionários, contou também com a participação dos secretarios municipais vereadores e o coordenador dos Consórcios Públicos da Bahia Zé Cocá.em uso das palavras o prefeito PATRICK LOPES falou da importância do funcionalismo público, parabenizando a todos e agradecendo ao trabalho e dedicação nos serviços prestados aos nossos munícipes, citando que os nossos verdadeiros patroes são os Jitaunense.Para fechar com chave de ouro um ano que trouxe muitos aprendizados, conquistas e certezas, os funcionários recebeu uma bela festa de confraternização com realização de " sorteio ", churrasco e troca de abraços. E fotos com o prefeito Patrick Lopes.

Ellen Cardoso desabafa pela primeira vez sobre caso de agressão de Naldo: 'Não julguem'

Segunda / 25 Dez 2017 / 17h11



Foto: Reprodução / Instagram

Mulher Moranguinho, a ex-dançarina Ellen Cardoso, falou pela primeira vez sobre o episódio em que foi agredida pelo marido, o cantor Naldo Benny, com golpes de garrafa (veja aqui). Através do Facebook, Ellen postou um desabafo de como está sua vida atualmente. "De volta pro recomeço. Um recomeço difícil e doloroso,mas que eu tenho fé que será uma grande cura", escreveu Moranguinho. Apesar da ex-dançarina deixar a entender que o casamento foi reatado, assessoria de Naldo Benny informou que os dois não estão juntos. Os dois, inclusive, passaram o Natal separados. Ao falar em "recomeço", segundo a assessoria de Naldo, Moranguinho indica apenas que a vida dela recomeçou e não que os dois estariam recomeçando a relação. "Respeitem o nosso momento. Está sendo muito difícil para todos nós. Não julguem sem nos conhecer. Por trás de tudo isso existem pessoas igual a você. Uma família que sofre, uma filha que chama pelo pai, cheia de saudade. Um homem cheio de amor desesperado para reparar seus erros e uma mulher com o coração muito ferido, mas que precisa ser forte pra recomeçar", declarou a assessoria ao Extra. Em outro trecho de seu texto, Moranguinho contou que ficou calada após a agressão para proteger a filha: "Outro dia vi até uma reportagem na TV onde uma mãe desesperada para salvar o filho o acorrentou em casa. Muitas pessoas acharam um absurdo, como uma mãe é capaz de fazer isso? Mas eu faria o mesmo. É melhor tê-lo em casa acorrentado do que passar pela dor de vê-lo morto jogado em uma esquina qualquer. Alguém aí já parou pra pensar que a atitude que tomei pode ter sido para salvar e não pra destruir?”. “Eu poderia estar em programas de televisão me lamentando e fazendo a coitadinha. Eu escolhi me calar, escolhi ter meu momento de paz, de reflexão e de cura!", completou. O cantor Naldo foi preso em flagrante no dia 6 de dezembro por porte ilegal de arma de fogo após ser denunciado por Moranguinho, que afirma ter apanhado do marido. Após a denúncia, Moranguinho viajou para São Paulo com a filha do casal, de 2 anos. Ela está recebendo o apoio do filho mais velho e de outros familiares e não pensa em aceitar o perdão do cantor nem muito menos reatar o casamento. Com base na Lei Maria da Penha, a Justiça determinou que o artista fique afastado da mulher, de seus familiares e das testemunhas do caso, numa distância mínima de 100 metros. Naldo também foi proibido de ter qualquer contato com Ellen por quaisquer meios de comunicação, inclusive pela internet.

Gongogi: Prefeitura não paga 13º e gera revolta entre servidores

Segunda / 25 Dez 2017 / 16h33



Prefeito Kaçulo não pagou o 13º dos servidores (Foto:reprodução)

A Prefeitura de Gongogi ainda não pagou o 13º salário funcionalismo público municipal. A medida causou insatisfação geral dos servidores e sindicatos, e já há, segundo apurou o Ubatã Notícias, movimentação para a realização de manifestações e paralisações. O prefeito Edvaldo Santos (PR), o Kaçulo, vem castigando os servidores com atrasos salariais durante o exercício de 2017. “Estamos vivendo uma desordem administrativa”, protestou um professor ouvido pelo Ubatã Notícias. Eleito com enorme expectativa após a desastrosa gestão do ex-prefeito Altamirano Santos (PDT), o Sapão, Kaçulo, que tem mostrado falta de comando e de responsabilidade administrativa, inflou a folha de pessoal da Prefeitura, que hoje consome mais de 73% da receita corrente líquida do município, quando o TCM permite apenas até 54%. A medida tem inviabilizado a manutenção do pagamento em dia dos servidores e diminuiu, de forma significativa, a já combalida capacidade de investimento do município. Por ora, sem capilé na conta dos servidores e sem qualquer previsão de pagamento. *Informações do Ubatã Notícias

Conta de luz pode subir mais 9% em 2018

Segunda / 25 Dez 2017 / 16h23



O consumidor residencial brasileiro terá de lidar com dois anos de reajustes na energia bem acima da inflação. As causas são um regime de chuvas insuficiente para compensar períodos de seca e o aumento dos encargos sociais. Na média, as tarifas devem fechar o ano com alta de 14% e subir 9,4% em 2018. A expectativa é que o IPCA (inflação oficial) fique abaixo de 3% em 2017 e em 4% no ano que vem. Em algumas regiões, as tarifas podem pesar ainda mais no bolso, segundo levantamento da consultoria especializada TR Soluções. Na média, a maior alta deve ser registrada na região Sul (+10,7%), seguida pelo Sudeste (+9,3%). Em São Paulo, por exemplo, a conta de luz deve fechar este ano 7% mais cara e subir outros 9,1% em 2018. A energia elétrica deve também ter um efeito não desprezível de 0,4 ponto percentual sobre a inflação medida pelo IPCA do ano que vem. A previsão da TR inclui algumas premissas: as diferentes bandeiras esperadas ao longo do ano, os reajustes previstos para as principais distribuidoras e o regime de chuvas para o período. As projeções são feitas para 13 regiões metropolitanas usadas como referência e que espelham o que ocorre no país. *Informações da Folha de São Paulo

Em mensagem de Natal, Papa Francisco faz apelo por solução para Jerusalém

Segunda / 25 Dez 2017 / 16h19



Foto: L'Obsservatore Romano

O papa Francisco pediu paz para Jerusalém e fez um apelo por “uma solução que permita a coexistência de dois Estados", afirmou nesta segunda-feira (25) em sua mensagem de Natal. "Que o Senhor também sustente os esforços de todos aqueles membros da comunidade internacional, movidos de boa vontade, que desejam ajudar essa terra martirizada a encontrar o entendimento, a justiça e a segurança que espera há tanto tempo”. A disputa em torno de Jerusalém se acirrou nos últimos dias após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar que o país reconhecia oficialmente a cidade como capital de Israel e ordenar que a embaixada americana de Tel Aviv fosse transferida para Jerusalém. A medida muda a política externa americana, que por mais de 70 anos e contraria o entendimento da comunidade internacional – os palestinos querem o controle da área, que atualmente é dividida entre Jordânia e Israel.

Mulher tem língua cortada após marido tentar arrancá-la; vítima conversava com homem

Segunda / 25 Dez 2017 / 16h07



Foto: Ed Santos/ Acorda Cidade

Uma mulher teve um corte na língua neste domingo (24) em Feira de Santana, a 116 km de Salvador, após seu marido tentar arrancá-la. Segundo informações do site Acorda Cidade, Maria Francisca da Conceição Fernandes, 50 anos, estava conversando com um homem quando foi agredida pelo marido, Luiz Carlos Santos. O suspeito tentou cortar sua língua em reação. Maria Francisca foi socorrida para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), onde foi registrada a ocorrência. Não há informações sobre o estado de saúde da vítima, que reside no reside no bairro Parque Getúlio Vargas.